Fasfhic em Missão 2010

Fasfhic em Missão 2010

Um hino de Hospitalidade Misericordiosa, tecido de gestos concretos em favor dos mais pobres; uma bela sinfonia universal feita de caridade, amor, generosidade, solidariedade e partilha.

O dia amanheceu cheio de sol e bem cedo começaram a chegar as Fraternidades e outros participantes para o nosso Encontro Missionário – Fasfhic em Missão. Vinham felizes e cheios de entusiasmo para celebrar, em Família, a dimensão missionária da Fasfhic e o Dia Mundial das Missões.
Pelas 10h da manhã, tal como previsto, demos início à Sinfonia Universal, um momento muito forte em que nos foi proporcionada uma reflexão sobre os tempos difíceis que atravessamos e em que pudemos escutar a Voz de Deus, convidando-nos a um maior empenho e responsabilização pelos que nada têm. Toda esta mensagem foi transmitida ao som de música Guineense, Indiana, Moçambicana e Portuguesa, de expressão dramática e através de texto rezado. Foi visível a compenetração e a interioridade com que a assembleia viveu e ajudou a tecer a Sinfonia Universal.

Finalizado este momento, demos início ao Painel "Da janela dos meus olhos". Escutámos e acolhemos testemunhos de quem viveu em missão e de quem se deixou tocar pelas necessidades e carências e sente a urgência de contribuir para o Bem das Missões. O apelo e o grito das necessidades em Angola, chegou-nos através da Irmã Doroteia Mota; de S. Tomé, através da Irmã Carla Santos; de Moçambique através da Irmã Olinda Leopoldo. Estes testemunhos vivos de quem tocou e toca a realidade dos países de missão foi algo que nos comoveu e reforçou o apelo lançado pelo Papa Bento XVI a sermos protagonistas da Missão. A partilha do que se vai fazendo para ajudar as missões chegou-nos através do Rui Pinto, que recentemente lançou um CD - Mendigo de Deus - e faz reverter parte das receitas da venda para a promoção da Menina na Índia, e do casal Vera Mata e Adelino Silva que apadrinharam duas crianças de S. Tomé: um contributo muito importante a apontar caminhos de ajuda concreta e ao alcance de todos nós. Lançou e moderou o painel a jornalista Isabel Pacheco.
Seguiu-se o almoço e simultaneamente a iniciativa "Um livro por pão" em que as pessoas podiam adquirir um livro por um preço simbólico a reverter para as missões.

Pelas 15h, seguiu-se mais um momento em Família em que se apresentou a todos os participantes a relação de donativos por Fraternidades Fasfhic, Apadrinhamentos, Geminações, Criança ajuda Criança e outras iniciativas de caris missionário em 2009-2010. Todos ficámos felizes! Foi visível o empenho e a generosidade das Fraternidades e de tantas pessoas que se tornou evidente na partilha de 31. 319,59 € para as missões.
Seguidamente teve lugar a iniciativa "Grão a grão um saco de pão" em que foram leiloados dois objectos oferecidos por dois membros da Fasfhic: uma toalha bordada à mão e um quadro pintado à mão; e ainda uma capulana, um passepartout e um saco de ombro de senhora, oferecidos pela Província das Ifhic de S. Francisco, em Moçambique. Foi grande a alegria e o entusiasmo com que as pessoas aderiram a esta iniciativa pois sabiam que estavam a contribuir para colmatar carências básicas nos países de Missão.
E para coroar este belo e intenso dia, nada melhor que a celebração Eucarística, presidida pelo nosso Irmão franciscano, Padre Francisco Marques, que a todos contagiou com o seu fogo missionário. A eucaristia foi animada pelas Irmãs Moçambicanas, Indianas, pelo Rui e pelo Luís. As Irmãs partilharam connosco a sua alegria, canto e expressões culturais litúrgicas da Índia e Moçambique. Foi Lindo! O ofertório foi marcado com a entrega da tulipa, que simbolizava a Missão confiada no ano anterior a cada Fraternidade e a carta que cada Fraternidade escreveu à sua Missão. Entregámos assim ao Senhor os Dons que Ele próprio nos concedeu, as migalhinhas de amor em favor dos mais pobres e carenciados e a generosidade de quantos contribuíram para as nossas Missões. Nesse mesmo momento todos nós nos abeiramos junto do Altar, onde colocámos um pequenino saquinho com a nossa oferta. Aí colocámos também a nossa vida, para que Jesus a continue a utilizar como Seu instrumento de amor em favor dos nossos Irmãos que vivem em países de missão.
No momento de Acção de Graças cada Fraternidade, no papel do dinamizador Missionário Local ou do Coordenador, recebeu da Direcção Provincial um saco de serapilheira embelezado com três espigas. O saco estava vazio… para que cada Fraternidade vá colocando nele, ao longo deste ano de caminhada, pequenas sementes que representarão o trabalho, as iniciativas e o amor em favor da sua missão.
À saída da Capela, no final da Eucaristia, cada elemento recebeu uma espiga com um coração, que levava a mensagem "Coração e pão para o Irmão", preparado pela Direcção Provincial, a significar e a estimular à partilha e à generosidade para com os mais necessitados.


Esta iniciativa reuniu cerca de 180 pessoas e realizou-se no Salão da Casa Nossa Senhora das Dores, em Fátima, e este estava completamente lotado.
Este dia foi, na verdade, um hino de Hospitalidade Misericordiosa, tecido de gestos concretos em favor dos mais pobres; uma bela sinfonia universal feita de caridade, amor, generosidade, solidariedade e partilha.

Eco do Encontro Mais Fotos

Quinta, 28 de Outubro de 2010