Formação para Colaboradores e Fasfhic

Formação para Colaboradores e Fasfhic

Encontro de Formação

No dia 14 de Novembro de 2015, na Casa de Saúde da Boavista, decorreu o Encontro Formação para Colaboradores e Membros da FASFHIC.

Na certeza de que somos família, foi importante o encontro entre todos, mas a tarde ficou marcada também pela partilha e reflexão do tema “A misericórdia, âmago da vocação cristã”, pela Irmã Eliete Feliciano, seguido de um painel muito profícuo, orientado pela Irmã Fátima Azevedo, onde se continuou a abordar a temática da misericórdia em vários âmbitos: o ensino, a saúde e a família.

Como eco final deste encontro ficam algumas das palavras partilhadas:

​«Lembra-te do perdão!»

- É como perdoados e perdoadores que somos chamados a viver.

- O perdão é um «jugo suave».

- Ocupemo-nos, sim, em desenvolver as potencialidades que o perdão esconde.

- Mesmo que sejamos fruto de uma formação que acentua muito o peso do pecado, a grande conversão é passar a sublinhar a luz do perdão de Deus na nossa vida.

- Partir da nossa condição de perdoados…

 - Não há dúvida que compreender isto é colocar-se na escola do Evangelho.

---

Quando vivemos no perdão, começamos verdadeiramente a fazer caminho no conhecimento de Deus e no seguimento de Jesus. Não de forma abstrata, mas concreta e assumida.

O perdão abre portas dentro de nós. E então desistimos de carregar os pesos de ontem, para descobrirmos as asas do hoje. (José Tolentino Mendonça, "Pai-nosso que estais na Terra")

--- 

É importante educar para os valores;

É importante educar com entranhas de misericórdia,

Cuidar as relações humanas,

Repassar o nosso ser e agir de misericórdia,

Tornar as nossas mãos, os nossos olhos e os nossos ouvidos misericordiosos e,

Deixar marcas de misericórdia neste mundo, no qual somos “inquilinos de passagem”.

---

O Encontro Formação para Colaboradores e Membros da FASFHIC voltou a realizar-se no dia 21 de novembro, desta vez no Colégio Conciliar Maria Imaculada, em Leiria, permitindo a participação dos membros do Centro e Sul do país, com menor esforço ao nível de tempo e disponibilidade financeira, algo que a Direção Nacional considera relevante, principalmente nos tempos que correm.

 

 

Sexta, 27 de Novembro de 2015